terça-feira, 5 de julho de 2016

Greve! Salário justo para os professores


Todo mês a minha filha traz um "jornalzinho" da escola relatando os últimos acontecimentos e eventos importantes para o conhecimento dos pais. Duas coisas me chamaram a atenção e uma delas vou compartilhar com vocês aqui hoje, a outra fica para o próximo post. Ao traduzir a informação que foi passada aos pais vocês podem perceber como as coisas são diferentes aqui na Inglaterra.

(NUT Sindicato dos Professores) Greve dos Professores!
Houve uma chamada para a mobilização dos professores pelo sindicato nesta terça-feira 5 de Julho. Porém, nenhum professor da Rosary School participará da greve. NãoNão porque eles não simpatizam com a posição do sindicato em relação as formas de avaliações e jornada de trabalho impostas, mas porque eles estão comprometidos com a educação das crianças e não querem interromper o planejamento para o final do trimestre. 

Simples assim!
Quero dizer que como professora e educadora eu concordo plenamente com eles e que mesmo se morasse no Brasil hoje eu seria contra a conduta grevista e irresponsável de muitos colegas. Quando morava e lecionava no Brasil nunca participei das greves. Coisa rara hoje um professor ter o direito de dizer que não quer participar e continuar dando suas aulas normalmente. Acho que vou arrumar alguns "inimigos" depois disso kkk, mas se queremos uma democracia temos que respeitar o direito de opinao dos outros, e principalmente o direito a educação de nossas crianças.

***********************************

Below you can read a paragraph that was part of a newsletter my daughter received from her school. Every month the school updates the parents with the information about important events and things that the parents should be aware of. Take a look:

NUT Teachers’ Strike 
There has been a call for industrial action by the National Union of Teachers on Tuesday 5th July. However, no teachers from the Rosary School will be participating in the strike, not because they do not sympathise with the NUT’s position regarding assessment and workload, but because they are committed to your children’s education and do not wish to disrupt the end of term arrangements.

Simple as that! I have to say that as an educator and teacher myself I do not agree with the position and behaviour of some of my colleagues in Brazil when it comes to teacher's strike. Even when I lived in Brazil I refused to take part on that, something that is getting harder and harder to do when your own colleagues force you to join the union. If we want to live in a democratic country different opinions should be heard and most of all the right for a Child's education should never be put in a second plan.

Um comentário:

  1. Olá, para quem quiser aprender inglês fluente em 4 meses, visite nosso site: http://academiadoscursos.com/
    Abraço.

    ResponderExcluir